Notícia

Romaria ao Caldeirão de Santa Cruz: recordar e atualizar a experiência vivida da Palavra de Deus

A matéria é da Autora: Patricia Mirelly – Reportagem Especial, do site de Crato- CE.

No terceiro domingo de setembro pela manhã, grande multidão vinda dos mais longínquos e diversos lugares da Diocese de Crato se reuniu no Caldeirão de Santa Cruz do Deserto, para recordar – e atualizar – a experiência vivida da Palavra de Deus, impulsionada pelo ideal de comunidade fraterna, na qual impera, apenas, o desejo de vida e dignidade para todos, conforme a exortação de Dom Gilberto Pastana, bispo diocesano. Este, presidindo a Santa Missa em altar ornamentado à frente da Capela dedicada a Santo Inácio de Loyola, também acrescentou: “É na comunidade de fé que nós devemos viver a solidariedade e a comunhão”.

Há dezoito anos, a Romaria ao Caldeirão (Comunidade liderada pelo Beato José Lourenço, brutalmente reprimida pelas forças militares em 1937, ao propor uma sociedade mais justa e humanitária), é dia santo para as Comunidades de Base. Agricultores, familiares, sindicalistas, membros de movimentos e pastorais sociais, religiosas e leigos percorrem a longa estrada de chão batido (que faz a ligação entre a cidade do Crato e o Caldeirão) sob um farto sol de setembro, com temperaturas beirando quarenta graus.

No final teve a conclusão do Gritos dos excluídos do município do Crato, e diversas manifestações culturais.

Mais informações sobre a Romaria ao Calderão da Santa Cruz do Deserto no site da Diocese de Crato:http://diocesedecrato.org/noticiasdiocese/romaria-ao-caldeirao-de-santa-cruz-recordar-e-atualizar-a-experiencia-vivida-da-palavra-de-deus/

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *