Artigos e EntrevistasCEBs e Teologia da Libertação

A porta se abre novamente!

"Realizando o 14° Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base

Por Celso Pinto Carias (Assessor da Ampliada Nacional e do Setor CEBs da CNBB)

Neste momento em que o Portal das CEBs reabre o seu canal, saudamos esta ferramenta com esperança. Sabemos da ambiguidade da tecnologia da informação em nossos dias. Mas podemos utilizar na perspectiva do Caminho de Jesus.
As CEBs do Brasil resolveram enfrentar o desafio do mundo urbano. É o sabido tema do 14º. Porém, não se pode penetrar neste mundo com amadorismos. A complexidade exige análises profundas e, ao mesmo tempo, com certo grau de provisoriedade. Muitos, mesmo nas igrejas, e no caso da Igreja Católica, o aviso já foi dado por PAULO VI, em 1974, quando afirmou que não se pode pensar a evangelização como que passando um verniz superficial.
Corremos riscos hoje que pensávamos, anos atrás, não chegar perto. Situações gravíssimas de intolerância e preconceito. Pessoas que vivem de slogans, que não conhecem as fontes das informações, que se apressam a emitir juízos de valor sem uma postura dialogal, favorecendo o crescimento do ódio, por causa do medo do diferente, e assim desumanizando-se.
Ora, nada mais contrário ao Caminho de Jesus Cristo. Aquele que passou fazendo o BEM (At 10,38). Que acolheu a Samaritana no poço, contra a opinião dos seus discípulos. Que tocava nos impuros e com isso os portadores de uma religião legitimadora do poder opressor o odiavam, a ponto de inimigos entre si se aliarem para planejar sua morte, como conta o evangelista Marcos no episódio da cura do homem da mão seca (Mc 3,6). Que mesmo não tendo uma postura direta de embate com o sistema de dominação romana, fazia uma crítica tão profunda que encontram razão para justificar sua pena de morte na cruz, pena dada pelos romanos aos que colocava em risco o império.
Assim sendo, todo instrumento a serviço de uma comunicação que ajude o processo de libertação dos pobres, deve ser saudado com alegria e esperança, como é o caso do PORTAL DA CEBs do Iser Assessoria. Toda porta aberta em direção dos que mais sofrem deve permanecer aberta. E a internet, com as chamadas redes sociais é uma porta. Para muitos tem sido uma porta de aberrações, mas para os seguidores e seguidoras de Jesus Cristo deve ser uma porta da esperança. Que venham outras portas e janelas assim.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados