CEBs e Teologia da LibertaçãoNotícia

As Comunidades Eclesiais de Base do Regional Noroeste promovem o I Seminário de Assessores e Assessoras

Nos dias 15 e 16/03 aconteceu o I Seminário de Assessores (as) das CEBs do Regional Noroeste em Porto Velho-RO. Cerca de 40 pessoas participaram representando as 06 (seis) Dioceses e 1 (uma) Prelazia do Regional. A Abertura e Acolhida do referido encontro foi feita pela Prof. Dra. Lilian Maria Moser, Assessora Regional das CEBs que ainda facilitou a Análise de Conjuntura Eclesial e a importância dos Mártires do Regional na caminhada de CEBs. Pe. Luiz Ceppi conduziu com maestria esse momento indagando os participantes sobre “O que a memória desses Mártires da Amazônia nos deixa de legado em nossas Comunidades e Igrejas?”

O seminário também foi assessorado pelo Prof. Dr. Celso Carias, Assessor da Ampliada Nacional e Assessor para a CNBB das CEBs, que suscitou nos participantes o Projeto Pastoral do Papa Francisco frente aos Desafios Pastorais na Atualidade. Também foi pauta o papel dos assessores e articuladores das CEBs no contexto atual em que vivemos.

O segundo dia do encontro iniciou-se com Análise de Conjuntura Política e Social, que foi feita pelo Professor e Sociólogo Ivo Lesbaupin, Coordenador do ISER ASSESSORIA. Marcaram presença, além dos articuladores das CEBs, os jovens da Pastoral da Juventude Regional e representantes das Pastorais Sociais. “Acreditamos que foi um momento propício a realização deste seminário face ao cenário sócio-político-eclesial que estamos passando e em virtude da preparação do II Nortão das CEBs que acontecerá nos dias 19 a 21 de julho de 2019, em Porto Velho, alusivo aos 10 anos da realização do 12 Intereclesial, relatou Álvaro Pereira Júnior.

O Seminário foi construído pela Assessora Lilian e Pe. Mansueto que está na Arquidiocese de Porto Velho e os demais Assessores do Setor CEBs e Iser Assessoria.  Seguindo as orientações do Papa Francisco que nos convida a sermos uma Igreja em SAÍDA, somos chamados a IR e avançar, conscientes de que somos fermento na massa, alimentados pela Palavra somos como sal da terra e luz do mundo, e entendemos que a fé não deve estar apenas na causa dos pobres, mas acima de tudo, no Cristo.  Isto que gera a unidade fraterna e ecumênica.

Texto: Álvaro Pereira Júnior

Foto: Neurimar Pereira

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados