Notícias

A alegria de partilhar a vida em comunidade!

“Em atenção a Tua Palavra lançarei as redes” (Lc 5,5).

Iluminada pela Luz de Jesus Cristo, contagiada pelo seu imenso amor, é que a equipe missionária da Paroquia de Nossa Senhora de Guadalupe compartilha a experiência da quinta missão realizada no dia 04 de agosto com a ação evangelizadora com o tema: Santa Clara, misericórdia na família, dom e missão. Foi realizada na comunidade de Santa Clara, Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, Arquidiocese de Manaus.  Esta missão envolveu diretamente ou indiretamente as doze comunidades, sobretudo os conselhos comunitários de pastoral. Que contou com a participação de 43 pessoas, sendo visitadas famílias de 22 ruas do bairro.

Reunimos as forças vivas de nossas comunidades e nos colocamos a caminho em visita as famílias como forte momento de evangelização e animação missionária. A dinâmica da visita muito se inspirou no propósito que o Papa Francisco tem nos orientado de uma “Igreja em SAÍDA”. Cientes que missão é tornarmos próximos dos irmãos, principalmente dos mais necessitados e desta forma fortalecer e fazer crescer o espirito cristão, numa perspectiva de Igreja povo de Deus.

A identidade é ser discípulo missionário, presença de Cristo no mundo e a inerente ação transformadora, a serviço especialmente dos mais necessitados. Diálogo com outros cristãos, outras religiões, temos que nos aproximar de todos sem discriminação de cor, raça, cultura e confiar no Espírito Santo, pois só ele é capaz de realizar a união dos cristãos. Anunciar Jesus Cristo e passar sua mensagem através do anuncio do Evangelho.

Diante dos desafios percebidos em nossas comunidades antes e durante a missão, vimos que é preciso focar na pessoa de Jesus Cristo para transformar, fortalecer os conselhos comunitários e paritários, incentivar a formação de novos grupos de reflexão e motivar os já existentes, trabalhando inclusive sobre a importância e o significado do Dizimo para vida de nossas comunidades. Estas orientações ajudam a confirmar e solidificar as nossas CEBs.

A equipe missionaria tem ajudado a estreitar os laços de união e participação na vida das comunidades. Que Deus nos ajude a manter acesa a chama deste ardor missionário e a perseverarmos no caminho de promoção da justiça e defesa irrestrita da vida.

Assina: Pela Equipe Missionária da Paroquia Nossa Senhora de Guadalupe – Arquidiocese de Manaus – Pe. Antônio Carlos Fernandes, SDN.

NB1: Esta equipe Missionaria surgiu 2016 no Encontro de Pastoral que acontece no final do ano para avaliar os trabalhos pastorais de nossa Paroquia na tentativa de ser um suporte para as pastorai frente aos grandes desafios apontados naquele encontro. Os três mais citados foram: adentrar nos condomínios, conjuntos, evangelizar junto a juventudes e cuidar do cuidador. Neste ultimo ponto, constatou-se que muitos de nossas lideranças estão em processo de fragilização, adoecendo.

Foi combinado que iriamos reforçar os grupos de Círculos Bíblicos, realizarmos quatro ações missionárias durante o ano na paróquia em comunidades previamente escolhidas. Estas ações acontecem em preparação aos festejos dos padroeiros ou madroeiras das comunidades. Esta foi a 5a e haverá mais uma em Novembro por ocasião da festa de Cristo Rei. A equipe missionaria esta responsável por uma gincana bíblica no mês de Setembro no sentido de reforçar e estimular o interesse pelo estudo da bíblia. Teremos no dia 08 de Setembro o encontro de CEBs de nossa Paroquia organizado também por esta equipe. Nele refletirmos sobre a Eclesiologia antes e pós Concilio Vaticano II, Espiritualidade e identidade das CEBs.

Uma coisa que foi bem presente no relatório após a ação missionaria, foi que há um bom número de pessoas que viera do interior e não tendo a assistência da igreja, foram para outras igrejas. A presença das igrejas pentecostais e outros modelos de expressão religiosa são muito fortes neste bairro onde fizemos a missão. Na expressão de uma missionaria “há mais igrejas que boteco”. A parecença do trafico é muito forte, esta tomando conta, sobretudo da juventude.

Botão Voltar ao topo