Intereclesiais das CEBs

Encontro das CEBs reúne cerca de 500 lideranças nesta semana para discutir desafios sociais e religiosos

Evento é organizado pelas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), vinculadas à Igreja Católica 

Da Assessoria

Rondonópolis recebe cerca de 500 lideranças religiosas e populares de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal entre os dias 02 e 04 de dezembro (de sexta-feira a domingo) para refletir sobre os desafios sociais, políticos e eclesiais do país e seus impactos nas comunidades religiosas cristãs. É o 16° Encontro Regional das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), que vai ocorrer nas dependências do Centro de Eventos Santa Terezinha, no bairro Novo Horizonte. 

A atividade também é chamada de “Quinzinho”, pois corresponde à preparação para o 15º Encontro Intereclesial das CEBs, de caráter nacional, que será organizado por equipes de serviço locais e realizado em julho de 2023 em Rondonópolis, com a presença de mais de 1,5 mil pessoas de todo o Brasil, além de convidados de vários outros países. 

As CEBs são vinculadas principalmente à Igreja Católica e seus integrantes são fiéis leigos e leigas e membros do clero inseridos em pastorais, organismos e movimentos populares que desenvolvem uma prática social unindo fé e vida, organização comunitária e transformação da realidade.    

“É grande a expectativa para a realização desse momento. Cada caravana das CEBs apresentará seu olhar sobre a realidade social e eclesial de sua localidade e como essas realidades impactam a vida das comunidades”, comenta Marilza Schuina, da equipe de organização.

Vida plena

O tema do encontro regional é “CEBs: Igreja em saída, na busca da vida plena para todos e todas”, e o lema, “Vejam! Eu vou criar novo céu e uma nova terra (Isaías, 65, 17ss). A temática será orientada pela metodologia ver-julgar-agir, que parte da realidade vivida pela população; sustenta-se numa leitura popular da Bíblia e com base no ensinamento social da Igreja; e propõe ações coletivas para a transformação da realidade. 

Haverá orações, místicas espirituais, cantos e danças, debates em grupos e plenárias. As reflexões serão auxiliadas pelos assessores pastorais Celso Carias (RJ), Roberto Rossi e Marilza Schuina (MT) e pelo bispo da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga, dom Maurício da Silva Jardim.

Entre os assuntos em debate: o fundamentalismo religioso; a má distribuição de renda; as crises econômica, política e ambiental; o protagonismo de fiéis leigos e leigas na construção de uma Igreja participativa; e a valorização de uma espiritualidade que respeite os povos indígenas, a população afro-brasileira e a natureza.

“Em uma região como a nossa tão marcada pela concentração da renda e da terra nas mãos de poucos, onde o Pantanal e as terras indígenas são invadidas em nome do mercado e do desenvolvendo a qualquer custo, é fundamental lembrar que o Evangelho de Jesus nos desafia a cuidar dos caídos a beira do caminho e lutar para que ‘todos tenham vida em abundância”, expõe Adilson Francisco, da equipe de organização.   

Programação

O encontro começa na sexta-feira (02), com a chegada das/dos participantes a partir das 16h no Centro de Eventos Santa Terezinha. Em seguida ocorre o credenciamento, um momento de animação e às 18h30 uma celebração religiosa. No sábado (03) durante o dia serão realizadas reflexões, orações, grupos de trabalho e plenárias e à noite vai haver uma confraternização com integrantes da Comunidade São Cristóvão, no bairro Coophalis. No domingo (03) os participantes do encontro vão expor propostas de ação diante dos assuntos discutidos e encaminhar formas de mobilização para as CEBs em 2023. 

Contatos 

Caline Maria 
Cel/WhatsApp: (66) 9647-4897

Dirceu Coelho
Cel/WhatsApp: (66) 9964-6007

Gibran Lachowski 
Cel/WhatsApp: (66) 9612-5018

Sobre as CEBs: https://www.cebsdobrasil.com/

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
plugins premium WordPress